7.24.2009

Contos de Gabriel e Glyde


GOZANDO NO TELEFONE


escrito por Gabriel - narcisosantos@hotmail.com


A história que vou contar foi uma experiencia das mais excitantes prá mim.
Há algum tempo atrás,com insônia, entrei numa sala de chat e comecei a conversar com uma gata. .............
Conversamos o tempo todo no "reservado" ela usava o nickname de Morena Gostosa e eu de Cachorro Safado ........Ficamos trocando mensagens durante muito tempo e escrevendo putaria até que ficamos excitados.cansado de digitar, pedi que continuassemos por telefone. Como sempre faço, eu sugeri a ela que ia ler um conto erótico pra ela..Ela demorou a responder,hesitou, mas me pediu pra ligar.Ela tinha uma voz bem agradável,suave,envolvente..Me pediu prá ler um conto prá ela e eu li...Quando acabei ela disse :
Morena - que delicia.só de me imaginar dentro desse conto, to ficando molhadinha de verdade..
Cachorro-eu estou de pau duro.
Morena -de verdade? hum..eu adoro chupar um pau duro. lambo bem,deixo ele molhadinho,lambo o saco..adoro..
Cachorro- tá me deixando com mais tesão
Morena -eu estou com tesão em imaginar seu pau. como é seu pau?
Cachorro- é normal, tem uns 19 cm, mas é grosso. Bem duro, com veias grossas..
Morena -como é a cabecinha dele? vermelhinha ?
Cachorro-é grandona,cabe na sua boca..
Morena -hum..to molhadinha,amor..tesão..ele tá fora da calça?
Cachorro- tá, bem durinho..
Morena - deixa eu pegar. imagina minha mãozinha delicada alisando seu caralho.bem lentamente, .
Cachorro-- tesão..
Morena -.enquanto olho com cara de safada prá vc...
Cachorro- to sentindo sua mãozinha me punhetando
Morena -vou puxando a glande prá baixo e subindo. indo e vindo, ..ah,cacetão gostoso..te punheto bem devagarinho.
Cachorro - chupa meu pau.,vadia, vem .
Morena - vc tá sentado? eu me ajoelho em frente á voce e pego seu pau .lambo bastante a cabeçona e vou engolindo devagar, te olho com cara de safada e vou devorando ele que de 1 i ci a. ..que pau gostoso. amor. .
.Cachorro--hum...que delicia...
Morena -chupar teu pau me deixou encharcada. to tirando a calcinha.
.Cachorro- deixa eu enfiar um dedo na sua bucetinha. e vou mexendo lá dentro -
Morena -ahhh,que tesão. mexe,mexe, safadinho, to bem arreganhada,com as perninhas bem abertas
Cachorro -quero chupar sua buceta;;
Morena -como vc vai me chupar? diz. .fala com detalhes que eu vou esfregando ela e imaginando sua boca gostosa.
.Cachorro - - começo lambendo os lábios,de baixo prá cim,uma lambida bem comprida, depois vou lambendo o grelinho..
Morena - meu grelo tá durinho. .chupa o grelinho..
Cachorro- abro bem a bucetinha com a mão e meto a boca no grelinho,começo a chupar com tesão.. . fazendo barulho
Morena - dá uns tapinhas no grelinho..adoro..
Cachorro -.Tesuda..tesuda... dou, dou uns tapas nesse gre1ão gostoso, chupo com vontade e enfio um dedo na xaninha,vou chupando e enfiando o dedo
Morena * aperta o meu peito,enquanto chupa..vai amassa meu peitinho. .assim
Cachorro - amasso,aperto,aliso,enquanto te chupo.te ouvindo gemer

Morena- adoro ser chupada,meu tesão,meu cachorrinho,chupa essa vagabunda..me faz dançar na sua boca. .que tesão !!!
Cachorro- hum, que bucetinha gostosa. .
Morena * to toda molhada,safado,vou me acabar nessa boca gostosa,Meu homem delicioso,Quero dar prá vc de verdade,vem me comer, vem comer sua puta.fala sacanagem prá mim. .fala..ahh
Cachorro- vou meter a rola na sua buceta,no seu cú, vou enfiar o caralho no seu cú,vou te foder,vou te arrombar
Morena _ ai.que tesão, to esfregando minha xaninna com força,tá gostoso, to quase gozando,to enfiando um dedo na minha buceta,quero dar. ..encosta essa cabeçona no meu grelo
Cachorro- - esfrego a cabeça do pau no seu grelinho..pressiono, a cabeçona tá molhada, esfrego com força..*
Morena _ agora enfia,fllho da puta,enfia esse pintão na minha buceta..quero gozar no seu pau..
Cachorro- - estou encostando o pau na sua xana,estou enfiando devagarinho,assim..vai..engole meu cacete *
Morena _ isso, meu garanhão, enfia tudo,ai que tesão
Cachorro- - assim ,to de frente pra vc,vc tá sentada no meu colo, de frente prá mlm, vem, encosta mais,lsso, quero te foder e beijar sua boca*
Morena _caralho,que cara gostoso..que delicia esse pausão entrando..too encharcada, imagino o pau entrando todo. .ah..to sentindo...ah,ahahah mete,safado, mete na sua puta
Cachorro- - meto, safada, meto tudo, goza no meu pau, lamburza meu pau com teu gozo *
Morena _mete, me xinga..me xinga,..quero gozar.

Cachorro- - o pau tá todo na sua racha,e eu empurro mais, seu corpo sacode,eu empurro e vc geme. . . toma. . puta, safada, vagabunda. . sente meu pau . sua piranha? fala.. não é disso que vc gosta? de um cacetão bem duro na sua buceta? toma,vagabunda.*
Morena _ é,é disso que eu gosto,sou vagabunda sim..enfia tudo enfia mais,forte..bem forte. .eu vou gozar...vou gozar
Cachorro- - goza, piranha. .goza.. .safada..puta *
Morena _ grita comigo. grita. .me xinga..acaba comigo...
Cachorro- - SAFADA,VAGABUNDA,PIRANHA.. !!!SUA PUTA.., VADIA, CAAADEEELAAA !!!* Morena _AHH, VEM,ME ENCHE DE PORRA, VAI, ESPORRA, AHHHHH,VOU GOZAR" ,TO..GOZANDO. ..GO.. .ZANDDDOD..AHHH.. .AHHH
****
LEMBRANÇAS
Conto do Glyde X. -
glyde_x@hotmail.com


" Venho lendo este blog , e tenho tido muito prazer com as historias aqui relatadas, por isso contar uma historia que aconteceu comigo a muito tempo atras. Tenho 1.79 de altura, 75kgs, cabelo e olhos castanhos, podem me chamar de Glyde. Tinha acabado de completar 18 anos na epoca. Periodo em que entrei na faculdade, minha vida havia mudado completamente, ja estava a mais de uns tres meses sem ir ao clube onde eu sempre frequentei durante toda minha vida. Ao chegar la cruzei com uma gatinha amiga que eu nao via a muito tempo, o nome dela e Re, fiquei mais de uma meia hora naquele papo conversando sobre a vida nova. A Re tinha 18 anos, ela e uma morena de 1.65, um corpinho malhado e com uma bunda perfeita que me faz recordar muito a da Carla Perez. Tenho que falar que durante minha adolescencia, ter-la em meus bracos sempre foi um sonho para mim. Depois de um tempo chegou outra amiga nossa, a Ju uma deusa de 15 aninhos tambem com um corpo maravilhoso super-malhado. Continuei a conversa com as duas, porem reparei que a Ju estava realmente em um dia daqueles, seus olhos brilhavam, e eu ja nao estava me aguentando mais. Foi quando a Re levantou dizendo que teria que ir embora pois sua mae a esperava. Aproveitei rapidamente para chamar a Ju para dar uma volta, chegando em um canto onde pudessemos ficar a sos rapidamente agarreia, comecei a beija-la e quando coloquei minha mae em sua bucetinha, vi que estava como um verdadeiro vulcao em erupcao toda molhadinha e muito quente. Nao resisti e cai de boca, so me dando por satisfeito depois de faze-la gozar em minha boca duas vezes. Ja tinha passado mais de meia hora que estavamos ali, e ela disse que teria que ir mas me fez prometer que sairiamos a noite. A noite ao passar na casa dela, o tesaozinho me apareceu com um vestidinho preto curtinho, de meias calcas pretas, ela me perguntou em tao para onde iriamos. Levei-a direto para um motel, la chegando quando comecei a tirar suas roupas, reparei que ela estava de cinta-liga, eu fiquei maluco com aquela visao, e a fiz gozar novamente em minha boca, foi quando ela se abaixou para me pagar um boquete, nao resisti a aquela boquinha maravilhosa que me fez gozar aos jatos em sua boquinha rapidamente, tentei segurar para aproveitar mais, porem nao resisti, ela sorveu tudo rapidamente sem perder uma unica gota. Deitei entao na cama, e abri suas pernas para penetra-la, foi uma penetracao dificil pois ela era muito apertada apesar de estar totalmente ensopada e lubrificada, que delicia foi come-la no inicio em um ritmo bem lento para que ela pudesse se adaptar (nao tenho uma pica muito grande como a maioria das pessoas dizem que tem 16cm, porem isto e uma vantagem para comer mutios cuzinhos), depois de um tempo eu ja a bombeava rapidamente e ela ja tinha tido varios micro-orgasmos em minha pica, ela pediu para ficar por cima para que pudesse controlar a situacao, ela rebolando em minha pica foi algo indescritivel, como mexia aquela ninfetinha, nao resisti e rapidamente gozei junto com ela. Fomos para a sauna entao, la depois de muitas caricias lhe disse que desejava muito comer seu cuzinho, ela me disse que tinha medo, e que nao queria pois poderia doer muito, suas amigas que ja haviam tentado sempre lhe diziam que doia muito. Continuei as caricias, e comecei a lamber seu cuzinho, senti que ela comecou a ficar maluca com as caricias, seu anus ja estava totalmente aberto com dois dedinhos dentro dele quando ela me pediu desesperada para come-lo logo. Comecei entao a penetracao que foi muito dificil apesar do grau de excitacao que ela se encontrava, porem ela urrou muito de dor, quando eu terminei de penetra-la fiquei parado, ela me disse que estava donedo muito mas que estava gostoso, comecei a dedilhar seu grelhinho e ela comecou a rebolar em minha pica, depois de ela ter gozado duas vezes, eu lhe disse que iria gozar, ela me pediu para que gozasse em sua boca, foi uma delicia ve-la engolido novamente meu gozo. No dia seguinte ao chegar no clube, encontrei a Re que me disse que a Ju havia lhe contado tudo, e que ela tambem queria a dose dela. Levar as duas juntos para um motel foi ainda melhor que ter so uma, porem essa hstoria fica para outro conto. Me escrevam glyde_x@hotmail.com

Nenhum comentário: