8.09.2012

Confidencias da irmã

By: Carlô

--------------------------------------------------------------------------------

100_2104 Essa história minha irma me contou no inicio do ano. Sempre fomos confidentes um do outro, como temos quase a mesma idade, ela é dois anos mais velha que, tinhamos cumplicidade em tudo. Bom vamos ao conto. Minha irma tinha na época, 27 anos, ela é alta, 175cm, tem seios redondos e firmes com mamilos bem largos e que quando ela esta excitada se mostram grandes. Suas pernas são lindas e o unico defeito é não ter muita bunda. Ela se casou com 20 anos e seu marido tinha uma irma que se tornou a melhor amiga de minha irma. essa mulher tinha um filho que na época estava com 17 anos, moreno, alto, forte, malhava em academia, mas muito tímido. Até então não tinha namorado nenhuma garota. Minha irmã sempre reparou muito nele, me dizia que era lindo e muito gostoso. Pois bem, uma tarde ele resolve passar na casa dela depois de malhar para beber água. Ela o convida a entrar e como são muito chegados, conversam sem censuras. naquele dia, minha irmã usava um short de malhar branco que de tão pequeno dividia sua xota e mostrava quase toda sua bunda. estava de usando um top amarelo que marcava bem os seios. Assim que chegou em sua casa, ele tirou sua blusa por causa do calor e ficou so de short. Aquilo excitou ela. Na hora ela reparou no volume que descansava no short e pode ver que era grande. Seu marido não tinha um pau muito grande e isso a incomodava pois tinha o desejo de ser possuida por um pau realmente enorme. Na hora ela pensou num jeito de ter aquele pau dentro dela rasgando e dando prazer ao extremo. Chamou ele no quarto e chegando lá. sentou-se com ele na cama e perguntou se ele já estava namorando. Ele disse que sim, havia pouco tempo. ela perguntou e ele ja havia transado com a garota. ele disse que sim. então perguntoua ele se ele usara a camisinha na hora da transa. como ele não sabia como usar e tinha vergonha disso, ele não usou. Pronto! foi a deixa para ela entrar em ação. Disse a ele. Meu querido, vc não pode fazer amor sem se proteger. Eu tenho aqui algumas camisinhas, vou pegar uma e te ensinar como usar. Na hora ele ficou vermelho e ela dise não precisa ficar com vergonha não...isso é natural e alem do mais sou sua tia. Abriu a gaveta e pegou uma camisinha. Pediu a ele que se levantasse, se ajoelhou na frente dele e então, sem cerimonia, baixou o short e a sunga dele. Na hora saltou na frente dela uma pica de quinze centimentros em repouso...ela enlouqueceu. Pensou...o pau do meu marido tem quinze centimetro duro e ele tem isso mole!!!Como ele estava travado, com vergonha, ela dise: para por a camisinha vc tem que ficar com seu penis ereto..a tia te ajuda nisso..feche os olhos... ela então começou a alisar aquele monstro..puxava a pele e via surgir uma cabeça enorme vermelha..aquele movimento estava a deixando enlouquecida e então num movimento rápido ela abocanhou tudo. começou a sentir ele endurecer em sua boca, a cabeça latejar...mamava, chupava, lambia. mordia se deliciava com o pau enquanto ele gemia de prazer. Vendo seu pau duro, imediatamente tirou sua roupa e deitou ele na cama, subindo em cima dele e se encaixando naquela vara linda. começou a cavalgar e sentia a cabeça bater no fundo, já no útero... acelerou os movimento e se sentia preenchida. de repente, o gozo...seu corpo amoleceu, ela caiu em direção ao peito dele e o beijava, sentindo que ele ainda estava ocupando sua xota com seu pau duro..ela então sai de cima dele e fica de quatro. Pede a ele que meta nela. ele mete sem dó..aprendeu rápido..suas estocadas parecem querer furar seu útero. ela geme, xinga e goza de novo..ele vendo o cuzinho dela ali, diante dele, começa a meter seu dedo...ela diz que quer o pau e não dedo e é satisfeita na hora... seu pau lubrificado pela xota dela sente dificuldade em se acomodar naquele cú apertado..ela, enquanto é penetrada, geme e chora de dor, mas se concentra e suporta a dor...logo seu ritmo de estocada é restabelecido e o que era dor agora são gemidos de prazer... ele goza...ela se sente inundada pelo seu gozo e quando se levanta, sente o gozo escorrer nas suas pernas...satisfeita toma um banho com ele e o chupa mais uma vez recebendo agora o leite na boca... finalmente se vestem e só então ela lembra de que deveria ensinar a ele a usar a camisinha... o que fazer...ela ri e diz que ele vai ter voltar outro dia para que ela ensine...