2.15.2013

As aventuras de Sophia Mel

Olá, eu me chamo Sophia, tenho 29 aninhos, sou de São Paulo e há muito tempo venho juntando histórias deliciosas. Aqui, quero contar um pouco dessas aventuras.

Tudo começou quando eu morava no interior, em uma cidadezinha que, enquanto uns acham que nesses lugares não tem nada para fazer, eu e meu primo passávamos diversas tardes agradáveis assistindo filmes pornôs, que para ele eram deliciosos, para mim, só um pretexto para poder ver aquele membro delicioso e que me ensinaria a verdadeira arte de ser enrabada deliciosamente.

Bom, em um desses dias, os pais dele estavam fora e eu combinei que dormiria na casa dele. Nesse dia, após uma longa sessão de punhetação (até então, cada um batia a sua), resolvi ir dormir antes dele, já que não estava aguentando mais e tudo que eu queria era me entregar toda para ele. Porém, tinha medo...

Com o meu grelinho latejando e meu rabinho todo todo, vesti o meu pijaminha (na época, era um shortinho bem curto e uma camisetinha) e me deitei, tentando me concentrar, mas eu só pensava nele lá na sala, mandando ver, enquanto via umas gostosas levando do jeito que eu gostaria.

Porém, logo ele entrou no quarto. Eu fingi que já estava dormindo, mas foi aí que ele me surpreendeu: deitou-se em cima de mim (nessa hora, como quase sempre, estava de bruços, sem nada por cima - fazia muito calor naquele dia) e começou a me encoxar deliciosamente.
Enquanto eu estava lá imóvel, quase sem respirar, ele começou a fazer movimentos deliciosos, fingindo socar gostoso na minha bundinha, deixando-me louquinha de tesão. De vez em quando ele pegava a minha mão e roçava no pau delicioso dele...

Em uma folga, acabei me virando para cima... na sequência ele começou a passar o pau dele na minha boca e aí, meninas, não me aguentei: engoli aquela delicia toda de uma vez só. Ele se assustou e tentou se afastar, mas eu o segurei deliciosamente pela bunda e olhei com desejo, continuando a chupar até ele relaxar.
Gozou um monte na minha boquinha e eu tentando tomar tudo, engasgando um pouco, mas querendo mais e mais!!! Após limpá-lo todinho com a boca, ele saiu do quarto e achei que talvez tivesse ido longe demais. Porém, ele voltou com uma camisinha e um pote de vaselina, dizendo: "hoje você será a minha putinha de verdade". Respondi que nunca tinha feito, mas ele disse que toda a bundinha de vadia tinha sua primeira vez e a minha seria com ele.

Então, ele me levou até a sala, colocou um porno no video (segundo ele para me inspirar com uma putinha profissional), tirou a minha roupa e me mandou ficar em posição de frango assado. Logo ele me deu o pau mole para chupar, o que me divertiu vendo ele ficar durinho na minha boca. Enquanto isso, ele passava vaselina no meu rabinho todo, de qualquer jeito e dizia: "estou lambuzando, para você levar gostoso, mas não se engane: você vai gemer muito!".

Depois que estava duro de novo, ele tirou o pau da minha boca e mandou que eu colocasse a camisinha nele. Em seguida ele levou o pau até a portinha e começou a mirar. Na hora que ele achou a posição ideal, deu-me uma estocada tão forte, que a cabeça passou com tudo, e eu dei um gritinho de dor e uma lágrima rolou.

Ele disse:"calma, putinha, relaxa que tem mais 15 cm ainda para te foder". Eu pedi para ele parar, mas cada vez mais ele foi enfiando, enfiando, até que eu senti as bolas dele baterem na minha bunda. Nessa hora, o meu rabinho estava doendo muito, mas eu queria muito aquilo.
Com muita coragem, comecei a rebolar e ele logo disse: "ah, tá se entregando, hein? Assim que eu gosto da minhas putinhas! Vou te chamar de Sophia Mel daquui pra frente". A partir daí, ele me comeu muito, deixando-me toda arrombadinha e completamente realizada! Bem, assim foi a minha primeira vez como uma putinha de um macho. A primeira vez que um macho me chamava dee Sophia, a putinha com lábios de mel e com a bundinha mais gulosa da cidade...rsrsrs.

sophia.mel@bol.com.br