4.22.2009

Olà :o post de hoje traz mais um conto da Vilma. Novamente esclareço que os contos que ela me envia por email são ilustrados e não todas as imagens que consigo publicar no blog. Quem gostou e quiser o conto original, pode me pedir por email. Meu email vocês já conhecem: narcisosantos@hotmail.com..
Aproveito prá agradecer os comentários . Fico muito feliz..Beijos e abraços a todos G.
Segue então o conto da Vilma
A SAFADA DA CUNHADA
conto escrito por Vilma - vilma75@gmail.com
Carlos era casado,três filhos e uma boa esposa.Sara era sua cunhada, 18 anos,solteira e muito assanhada.Ela vivia provocando carlos, usava minúsculos shortes e blusas decotadas.Como moravam na mesma rua, ela vivia entrando e saindo da casa dele.Carlos percebia as insinuações da garota, mas nada fazia , por receio da esposa perceber.
As vezes ela dormia na casa da irmã, levantava a noite e desfilava de roupas intimas.Isso deixava Carlos, cheio de desejos e excitação.Várias vezes trepou na esposa, desejando ter a Sara.Sonhava com ela nua em sua cama.
Como sempre oportunidades surgem, sem que se espere.Um sábado chuvoso, sara escorrega no corredor da casa de Carlos e bate a cabeça no chão.Rapidamente ele põe ela no carro e leva ao hospital.Não foi constatado nada grave, o medico lhe aplica uma injeção contra dores e a dispensa.Carlos para o carro numa rua escura e começa a beijá-la.Sara faz drama, mas Carlos insiste e ela cede rapidinho.Entre beijos e caricias ele a leva no motel.Sara diz a ele que ainda é virgem, ele promete que só vai chupa-la e gosar nas coxas.Ele tira-lhe a roupa e também se despe
Pede que ela lhe chupe o cacete, ela meia sem pratica, lhe faz a vontade
Que delicia diz Carlos, chupa seu macho chupa putinha.Com o cacete duro e latejando de desejo ele chupa a xota dela
Ela geme de praser hui,hui,hui A!!! Carlos que deliciaEle diz a ela que quer roçar o pau na xota dela.Cheia de desejo , ela consente
ele esfrega o pau na danada e manda ela ficar de quatro, pra ele esfregar melhor. Ele esfrega um pouco e sem que ela se de conta enterra o cacete nela.Ela grita e geme de dor, mas ele nem liga, segura ela fortemente e mete sem dó.
Carlos se realiza dos sonhos e fantasias, come a cunhadinha que tanto lhe provocou.Sara também gozou e gostou tanto, que Carlos lhe pediu o rabo. Sara perdeu o cabaço e as pregas , Carlos gozou intensamente.Satisfeito e exausto levou ela pra casa.Prometeu que logo eles iriam foder novamente

Nenhum comentário: